Aumenta a lista de remédio de graça: veja como conseguir o seu

14/2/2011 - Bom Dia Sorocaba


A partir de hoje, governo federal aumenta a lista de medicamentos gratuitos para hipertensão e diabetes; o Estado já concede o benefício para diversas doenças; o BOM DIA mostra quem pode e o que é preciso fazer para receber os remédios distribuídos

A lista de medicamentos gratuitos para hipertensão e diabetes vai aumentar a partir de hoje em todo o país. Por meio de parceria com a rede de Aqui tem Farmácia Popular, o Ministério da Saúde deve atender cerca de 660 mil hipertensos e 300 mil diabéticos. Até então, o Ministério da Saúde subsidiava 90% do valor desses remédios.

Além do programa do governo federal, o estado já distribuíam comprimidos gratuitamente. Em alguns casos, a medicação é enviada na  casa do paciente.

Na semana passada, a aposentada Marta Fontana,  84 anos, recebeu em seu apartamento no Centro da capital paulista uma caixa com medicamentos para a hipertensão e a diabetes. Os remédios são suficientes para os próximos três meses, mas a aposentada não pagou nada por eles. Nem pelos próximos que ainda receberá.
 
Dona Marta disse não lembrar o quanto gastava com os comprimidos, mas somente um deles custa R$ 214, suficiente para 14 dias.
 
Comodidade
Receber os remédios gratuitamente em casa não é um privilégio da dona Marta. Somente no ano passado, 103.200 pacientes foram atendidos pelo programa. Outras 23,6 milhões de pessoas retiraram os medicamentos de graça nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) ou em uma Ama (Assistência Médica Ambulatorial) da capital.
 
O governo do estado distribuiu no ano passado 38 milhões de unidades nas farmácias Dose Certa e atendeu 500 mil pessoas no programa de medicamentos de alto custo.

E esse benefício não é somente para quem é assistido pela rede pública. Atualmente, até os pacientes de convênios ou particulares podem conseguir medicamento de graça. Basta apenas ter o cartão de identificação do SUS (Sistema Único de Saúde), que pode ser solicitado gratuitamente em uma UBS ou Ama.
 
A secretária Luzia Fernandes Santos, 49 anos, não sabia que poderia retirar os remédios para a depressão. “Foi o médico do convênio que me orientou a procurar uma farmácia Dose Certa”, afirmou. Luzia terá de fazer o cartão do SUS, que ainda não tem. “Acho excelente essa iniciativa. Assim, economizo com os remédios”, disse.
 
Para saber o que é preciso para conseguir os comprimidos gratuitamente, veja ao lado as orientações.

 

A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Nuvem de tags deste conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

  • rosicleie
    13/5/2011 - 13:08

    minha mae torma os remedio de pa,vytorn 10/20,e de colesterol diova hct 320+12.5 e temo antideprecivo o citalopram 20mg 2 caps ao dia.ela e aposertada guanha 1 salario minimo.gostaria de cadastra ela no programa do governo federal.

  • divina
    13/5/2011 - 13:19

    estes remedio que citei a cima nao sao para diabetico nao,masm eu cadastrei minha mae no programa diabetico e depressao.

  • Jose Dias Filho
    4/7/2011 - 11:56

    Bom dia, passei por um hematologista por motivo de um certo problema no sangue grande produção de globolos vermelhos, o mesmo me receitou alguns remedios dentre eles um remedio para gordura no figado, o mesmo chama chenical e muito caro, ja comprei um outra semilar que também e caro, pois ainda tem outros remedios.Sou aposentado infelizmente a quase impossivel ter como obter estes remedios, gostaria de saber como poderia conseguir pelo governo este remedio.
    agradeço atenção fico no aguardo de um e-mail.


    Obrigado.

  • adriana
    5/10/2011 - 16:23

    meu cunhado tem 56 anos,e tem mais ou menos 2 meses ele apresentou diabete tipo 2 e problema no figado e tem que tomar o remedio duphalac e nao tem condicao de comprar como faço para conseguir pelo governo.um vidro so da 8 dias e e uso continuo

  • marcos
    15/12/2011 - 06:12

    Assistência Médica e farmacêutica é OBRIGAÇÃO DO ESTADO, portanto todo e QUALQUER medicamento deve por lei (desde a constituição de 1988) ser fornecido de graça pelo governo desde que prescrito por Médico devidamente inscrito no Conselho de medicina. INDEPENDENTE DO VALOR. o Problema é que 99,5 porcento da população (Principalmente os mais pobres) não sabem disso e não sabe a quem recorrer. quando precisam. Conversa fiada essa historia do governo estar "distribuindo medicamento de graça" agora. Puro marketing. Basta pesquisar na net que saberão como proceder, e não importa se você é rico ou pobre, se seu Plano de Saúde é Particular ou do SUS... Duvidas, estou a disposição... e de graça!

  • Marcos
    15/12/2011 - 06:16

    Pra eu poder orientar seria preciso o pessoal do site liberarem meu email para vcs entrarem em contato ou eles mesmos passarem a informação para vcs, visto que tenho certeza de que nesse site tem pelo menos uma pessoa que conhece um advogado para esclarecer o assunto que é mais simples que comprar refrigerante na esquina.
    Grato

  • Ana
    24/9/2013 - 17:13

    Boa tarde!
    Tenho um problema genético com os triglicerídeos, faço dieta alimentar e tratamento a base de remédios, hoje tomo ciprofibrato 2 x ao dia, e 1x ao dia acido nicotinico de 1 grama, rosuvastatina calcica de 20 mg e proepa, repeti os exames em 21/08/2013 estava com Triglicerídeos de 486, em 23/08/2013 estava com Triglicerídeos de 581, ou seja mesmo com o uso desses medicamentos não tenho um triglicerídeos normal e estável.
    Como meu problema é genético o uso desses medicamentos é continuo, não são fornecidos através do SUS, todo mês tenho um gasto fixo absurdo com esses remédios e será assim para vida toda, então venho solicitar a doação desses medicamentos ou uma ajuda.
    No aguardo.
    Grata.

Cadastre seu comentário!

437 Usuários On-Line




Surgyplast


Novos Associados

Bem-vindos:

  • Airton - PI
  • Josué - SP
  • Perpétua - RJ
  • Raimundo - AM
  • Maria - MG
  • Wilma - SP
Noticias
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum